terça-feira, 31 de agosto de 2010

Das férias na Terra

- Reencontros familiares;
- Casa da avó cheia com muita conversa e muita comida;
- Festa até tarde para o Tiago;
- Tiago a querer sempre dançar (já canta o hit de verão "mas quem será o pai da criança");
- Tiago a delirar com a festa (às 2h00 da manhã, depois de ter dançado até mais não no palanque, e já a subir às escadas para casa, só dizia :"quero ir para a festa" numa voz que queria dizer estou cansado)
- Tiago a comer sempre;
- Pedro a comer bem;
- A sesta dos miúdos que nos "estragava" a tarde: Tiago a dormir 3 horas à tarde e Pedro duas.
- Sílvia e Jey;
- Banhos no rio com água gelada (mas eu a ver, claro!);
- Caminhadas à noite;
- Ver o Tiago a brincar e a curtir nos sítios onde nós também já brincámos e curtimos;
- Tiago a dizer as expressões da "avó da casa grande": "Ai da minha vida" e "Oh minha nossa senhora"
- Foram 8 dias muito bons.

Das férias no Algarve

- perdi 1 kg! Estou a dois quilos do meu peso pré-Pedro;
- fizemos muitas caminhadas;
- Pedro estreou-se a mamar no sling;
- tentei andar num barco a remar e percebi que não tinha nenhuma coordenação motora;
- o Tiago disse que eu era uma loba porque não conseguia remar;
- a ilha de Armona é o sítio ideal para passar férias com filhos;
- houve dias em que estávamos só nós os 4 na praia (até me fez confusão);
- deixávamos o Pedro na toalha a dormir e iamos os 3 para a água (Armona é de facto o melhor sítio para passar férias com putos);
- tivemos uma aventura radical em que eu só dizia ao Miguel "deixa-me e leva os miúdos" ( a água dava-me pelo peito: gosto de dramatismo);
- jogámos Monopoly quando os miúdos dormiam a sesta;
- não li um único livro;
- o Ricardo e a Sandra são uns amigos do caraças;
- apanhámos conquilha da melhor;
- o Tiago era o tubarão que nos queria papar;
- depois da praia, o Tiago mergulhava na piscina insuflável;
- foram 16 dias do caraças! Do melhor, sem dúvida!

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Mais uma voltinha

Na sexta-feira, o Tiago andou pela primeira vez de carrossel.
Não sabia ao que ia, logo não pediu para andar. Nós é que quisemos que ele andasse. Subiu no carro dos bombeiros e a última coisa que disse antes daquilo começar a andar foi "quero sair!". Andou. Sempre a rir, a dizer-nos adeus. Eu estava no excitex, tanto ou mais do que ele. A pedir licença as pessoas para poder passar e andar quase à volta do carrossel. Uma doida com ar de parva, com um sorriso de ponta a ponta! Estava feliz por ver o meu filho feliz.
Quando a volta acabou, quis ficar lá. Andou mais uma vez.
Por ele, ainda lá estaríamos.

Que fique também registado que a sua primeira volta de carrossel foi ao som de uma música que tudo tem a ver com crianças: "Morena, oh morenita / Cada dia tu estás / Sempre mais bonita!"

sábado, 28 de agosto de 2010

Consulta dos 7 meses

Já sabemos: o Pedro continua muito magro. Está a 350 gramas do percentil 5. Foi desta, ou seja, a médica decidiu que o rapaz tem de passar um dia no hospital para ser observado, fazer exames e análises. Segundo ela, temos de ter a certeza que ele não tem nada de nada. Ela (e eu tb) acha-o perfeitamente saudável mas há que conferir isso tudo. Levou os nossos contactos e ligar-nos-à quando conseguir consulta no HGO.
Vai ser um dia terrível mas estou desejosa que ele chegue para esquecer de uma vez por toda esta questão de peso e afins.

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

A bimby é realmente uma coisa fantástica

Podia falar aqui dos mil doces que faz num instante, ou das sopas que ficam com uma textura maravilhosa, ou dos pratos que agora me saem bem, ou da fruta cozida a vapor para o Pedro, ou do puré que é de facto uma delícia, ou das caipirinhas que são um sucesso, ou da massa para pizza mas prefiro falar do tempo que ganho com a maquineta. Basicamente, é juntar coisas num tacho, carregar nos botões e ir brincar com os putos ou dar-lhes banho, sem pensar mais no assunto. Para além disso, sujo muito menos louça e não tenho de limpar o fogão.


quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Eu vi um sapo...




Novidade da tarde




Já consegue levantar-se. Para que não haja mais nenhuma queda, já subi as grades.

(a cama do Pedro é o local preferido do Tiago para brincar com o mano)

Descoberta desta noite

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Já estamos em casa

A tentar reestabelecer rotinas...

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Crescido

Tiago já não bebe pelo biberão, já não usa fraldas e deixou definitivamente a chupeta. Vomitou quando estava com ela na boca. Culpei a chupeta (e não as curvas da serra). Deitou-a fora, dizendo que "a peta é uma po'caria".

Está crescido o meu menino.

Tiaguices (com bola vermelho no canto)

- Tenho a pila pequena. Vou mexer para ficar g'ande!

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Das férias

Tanta coisa para registar e tão pouco tempo.
Estamos na terra onde se está bem. Eu ainda vou ficar por cá uma semana com os miúdos e o Miguel volta para Lisboa logo à tarde. Acabaram-se as férias para ele.

O Pedro que anda a comer muito melhor (viva o ar da serra que lhe abre o apetite!), que fez 7 meses e que não tirou nenhuma foto nesse dia, que já comeu peixe e que gostou q.b., que é um querido, que pesa 6,370 kg e que a mãe continua a achar pouco.

O Tiago que come como se não houvesse amanhã, que vai para a festa da terra e que delira, que adora ranchos, que adora bailarico, que fica na festa até às 2h00, que é um doce.

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Os bombeiros

Estava eu a passear na vila com o Pedro e o Tiago. Passámos à frente do quartel dos bombeiros e o Tiago foi logo a correr para ver os "tinoni". Um bombeiro deixou-nos entrar e outro perguntou-lhe se ele queria subir. Não imaginam a felicidade do Tiago que só abria muito a boca, espantado e super excitado. Esteve ao volante do maior camião e subiu para a parte de trás de um outro, onde está enrolada a mangueira. Eu estava de lágrimas nos olhos a ver a euforia do meu filho. (Ai que eu continuo conaça como o caraças!).
O senhor bombeiro (!) foi super simpático.
Os bombeiros são os maiores! São mesmo!
Nem me lembrei de tirar fotos com o telemóvel! Daah!

terça-feira, 17 de agosto de 2010

As viagens

Quando fomos para o Algarve, decidimos ir depois do almoço por causa da sesta dos pequenos. Dormem no carro e o Pedro não chora, pensámos nós. (lembram-se que o puto chorea sempre que entra num carro?). Também pensámos que seria mais fácil se o rapaz fosse no lugar do pendura e eu atrás.
Chorou durante 124 km, mis precisamente 123,9 km. HORRÍVEL!
No domingo, quando voltámos, viemos de manhã. Adormeceu mas o Tiago começou a chorar (queria bolachas que eu não tinha) 40 km depois da partida e acordou o pequeno que, por sua vez, berrou até casa. Só se calava quando eu cantava o "atirei o pau ao gato" de seguida, sem pausa. No fim da viagem, só me ria para não chorar. A puta da loucura!
Nesse mesmo dia, decidimos vir para a terra. Lembrei-me do Aero-OM. Fui comprar pela primeira vez mas não resultou. Punha-lhe aquilo na chupeta e o gajo calava-se 5 ou 10 segundos no máximo dos máximos. Felizmente, ao fim de 60 km, adormeceu.
Só de pensar no regresso para casa, até tremo! Raio do miúdo, pá! É de levar à loucura e pior, é de embirrar com o pai e vice versa com coisas tipo "se fosses mais devagar eles já se calava" ou "se a puta da múscia estivesse mais baixa (ou mais alta)..." ou "se fosse uma música de jeito..." and so on...

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

O indesejado mas incontornável

O Pedro já só adormece ao colo e/ou a mamar. Cada vez é mais difícil. Hoje, estive 40 minutos a adormece-lo.
Chega a ser irritante. Muito irritante. Tanto que uma das imagens que levo das férias é isso: eu a adormecê-lo. Agora, depois, mais logo, a seguir, às 5h00 da matina, etc.
Há quem diga que é sina, ou carma ou ainda maus hábitos dos pais. Eu só acho que é mesmo fodido!

O desejado

Um dos meus desejos sempre foi ir deitar o Tiago, contar-lhe a história e vir-me embora. Alleluia que a coisa está a funcionar dessa forma. Pode haver várias explicações: cansado da praia, o mano a domir ao lado ou os poderes da ilha (numa de Lost) ou pena da mãe que tem de adormecer o mano durante longos minutos.
Veremos quando regressarmos a Lx se estes bons hábitos se mantêm.

É verdade...

Esqueci-me de dizer que o Pedro já se senta (e bem) e que já se arrasta pela casa, numa versão pré-gatinhar sui generis.

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Again

Ontem, o Pedro caiu da cama. Começo também a achar que essa é a razão de tanto descuido. Fiquei tão fodida!

Nós

Casados há 8 anos.

domingo, 8 de agosto de 2010

sábado, 7 de agosto de 2010

Directamente do Algarve III

Hoje, disse-me uma coisa linda: "eu amo muito de ti".
Eu também filho.

Directamente do Algarve II

Os meus vizinhos da frente falam bem, preciosidades como "ó meu caralho, então não sabes que..." ou ainda "foda-se para o caralho da conversa".

Eu a-do-ro!

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Directamente do Algarve I

Estamos num sítio 5 estrelas, a 10 metros do mar.

O Pedro ainda a comer muita areia. Já lhe disse que tinha de se fazer à sopa da mesma forma que se faz à areia, mas ele não vai na cantiga.
Eles têm tido horários de loucos. O Tiago acordou hoje às 7h30. Até doi. Ontem, foi o irmão que resolveu acordar a essa hora. Está tudo doido. Nós, como andamos descontrolados com as horas impróprias, arrastámo-nos pela casa e saímos de casa sempre por volta das 10h00.
Ontem, apanhei um susto de morte. Deixei o Pedro no carrinho dele sem cinto. São só 10 segundos, pensei eu. Foram mais, claro. Só o ouvimos aos berros. Quando o vi, estava deitado no chão. Ouviram-me a mim a gritar e a chorar. Até as vizinhas da casa em frente vieram ver o que tinha acontecido. Uma, muito prática (ou parva, ou def', ou raios que a partam) saiu-se com um "dê-lhe água com açúcar que passa", como quem diz ora-é-só-isso-não-há-sangue-nem-nada. Virou costas e bazou.
Felizmente nada de grave. Fiquei tão fodida comigo.