quarta-feira, 29 de maio de 2013

O pai é o mau e eu sou a louca

"O pai ralha e tu gritas!"

Está certo!

By Tiago

terça-feira, 28 de maio de 2013

"Não percebes que é um mapa?! Até escrevi"

Feira do livro


Muitas coisas para ver mas é impossível ver o que se quer com eles. Eles aterraram na editora "Minutos de Leitura" onde havia a porta da casa do Sr. Croc e uma mesa e uns livros... Sentei-me com eles e contei-lhes as três histórias disponíveis. O Pedro quis trazê-las para casa (choro 1). Depois, o Pedro quis ver a bancada e eu não o percebia (choro 2). Já ao meu colo, quis trazer todos os livros (choro 3). Quando percebeu que não podia, quis trazer os livros iguais aos dele (choro 4).
Comprámos o livro do dia (Sabu, o Tigre Pintor, autografado pelo ilustrador/autor). Mas eles queriam outros (choro 5), sobretudo os livros do sr. Croc.
O Tiago lembrou-se que queria uma fartura logo ali (choro 6). Lá fomos e comemos. Vi uma bancada com livros a 3 euros mas não pude aproximar-me (choro 7 - o meu).
Voltamos para a casa  a pensar que para o ano, há de ser melhor!

Urgente


Digo demasiadas vezes a palavra "rápido" entre o acordar e o sair de casa. Até a digo quando já saímos do casa e estamos no elevador. 
(Que stress para os putos e para mim!)

Intervention, now, please!

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Privatizado

Este blog tornou-se privado.
Não gosto da ideia mas teve de ser.
O que tem de ser, tem muita força.

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Tenho 35 anos (que mais parecem 25)

Uma colega/amiga fez-me um bolo delicioso cravado de pasteis de nata. Dividi-o com colegas e funcionários da escola.
Tinha uma rosa em cima do pc e demorei um pouco a saber de quem era.
Tinha um mega cartão com dedicatórias de vários alunos, uns meus deste ano,outros de anos anteriores. Muitos escreveram coisas que aconteceram nas minhas aulas. Foi bom.
Muitos alunos foram ter cmgo para me darem um abraço.
Tive,como manda a praxe,muitas mensagens no FB e umas muito boas no wpp (ou qualquer coisa assim parecido).
Tive direito à canção de parabéns pelos meus filhos, no carro e foi lindo. Também tive direito aos parabéns da Raquel, do Dubai, que me fez chorar.
Tive um jantar com os de sempre que foi bem regado e que foi muito bom.
Tive muitos abraços de quem gosta de mim e de quem gosto muito, muito.

Vou omitir as birras dos putos pela manhã, a colega a perguntar se hoje fazia 40 anos (porra...há gente mesmo cega!), o frio que passei por querer estar gira ou ter almoçado de castigo com uns alunos mal-comportados.

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Ainda tenho 34 anos. Ainda tenho 34 anos. Ainda tenho 34 anos

Vou fazer 35 anos. Já? Tantos!
Essa coisa do tempo que passa e que deixa marcas atrofia-me um pouco. A minha madeixa de cabelos brancos deixou de ser madeixa...A minha cabeça cobre-se, aos poucos, de cabelos brancos, com maior foco no lado direito.
A minha tendinite no braço está cada vez mais forte.Há momentos em que não consigo vestir o casaco.
Crescem-me pêlos, pelo menos são pretos, um pouco por toda a parte.
As rugas vão aparecendo aos poucos, apesar do anti-rugas que custa balúrdios.
Engordo num instante e demoro o triplo do tempo do que há uns anos atrás para perder um quilo.
Diz a minha avó que tudo isto,o nascer,viver,envelhecer e morrer é uma roda que passa por todos. Tem razão,mas custa-me.
Bem,mas podia ser pior: podia ter pêlos púbicos brancos e aí....ai...era umas sessões de "nao + pelôs" e negava tudo até à morte!

Apesar das lamúrias, tenho quase , quase 35 anos (faltam alguns minutos) mas sou uma miúda em muita coisa, por vezes, uma pita mesmo e adoro soltar a criança que há em mim quando brinco com os meus filhos: as obras-primas destes trinta e quase cinco anos.

(dentro de 10 minutos,os comentários estão abertos a todos os meus leitores (lol) para me darem os parabéns! ) :p

A pergunta do Tiago:  "o que é deus?'"
Lá lhe expliquei quem era e que o pai e eu não acreditávamos nele, mas que os avós, por exemplo, acreditavam. 
(Foi complicado responder à pergunta quando eu própria não sei muito bem o que é e nem sequer creio nele.)

No outro dia, disse-me que eu devia acreditar "no Jesus" (e não, não falava do Jorge) porque a avó tinha falada disso com ele e achava que tínhamos de gostar todos. Voltei a falar do tema com ele. Acho que continuou confuso.

Há dias, veio-me com a pergunta "o que é rezar? E tu sabes rezar?"
Lá lhe expliquei, com pouca paciência, o que achava das rezas, uma vez que não acreditava....e blá blá blá
De repente,  começa com o "avé maria, cheia de graça...".
Parece que tem um colega da sala que os ensina a rezar. Não acho normal! Uma criança a ensinar os outros a rezarem? m.e.d.o.
Nesse mesmo dia, ao jantar, perguntou-me por que razão não acreditava em deus. Dei-lhe as minhas razão e ficou calado, a comer. 
Ontem, à mesa, antes de comer, vejo-o de olhos fechados, com as mãos em posição de reza e passei-me. Disse-me depois "não estou a rezar, estou à procura da minha paz interior" (in Panda Kung-Fu). Ah! Menos mal...



Desabafo

O Pedro está tão magro. 
Se fosse preto africano, era legítimo pensar que vinha do Biafra.

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Escrita

Falei ao Tiago do seu caderno de escrita...Disse-lhe que tinha pouca coisa, que nem tinha escrito o nome do mano. Respondeu-me que não sabia...Obriguei-o a ir ao quadro e lá escreveu PEDRO. Vi-o a soletrar a palavra e a escrever. Pedi-lhe também para escrever AMOR e com grande espanto meu,conseguiu.
Fixe!

Vício do momento

Instagram

Hoje

No início do ano letivo, en novembro talvez, falei com a educadora do Tiago. Ela disse-me que ele tinha dificuldades no grafismo, não tinha noção de espaço e dificuldades em trabalhar. Custou-me ouvir aquilo embora concordasse com tudo o que dissesse. 
A partir daí, e conhecendo bem o meu filho, que é muito imaturo e inseguro, pensei em não o inscrever na primária, até porque ele só faz 6 anos em novembro (os colegas dele já têm quase todos 6 anos e ele fez agora 5 anos e meio).O pai nunca concordou comigo. A Carolina, amiga que percebe muito bem da coisa e que também conhece o Tiago, também não concordou comigo. 
Hoje, tive uma reunião com a educadora. Expliquei-lhe as minhas dúvidas.
Ela disse-me que eu estava errada, que nunca poderia fazer isso ao Tiago porque ele tinha progredido imenso. Era um menino sem nenhum problema cognitivo (!), agora muito curioso e interessado que conseguia ficar uma hora e meia sentado na sua mesa e a trabalhar. Interagia bastante, percebendo onde tinha falhado, expondo sempre os seus argumentos nos "debates" que ela promovia através das histórias lidas. Disse-me também, tal como referiram a Carolina e o pai, que seria nefasto reter o miúdo na pré e que ela nunca daria a cara por isso.
Aproveitámos e falámos dos trabalhos dele. Vi o livro dele de escrito, o livro de ditados de imagens, de desenho livre, etc. Foi bom. Em todos os trabalhos, ela explicava-me qual o objetivo. Gosto dela. É uma educadora atenta, rigorosa, que dá atenção ao "brincar" e ao "aprender". Disse cobras e lagartos dos métodos tradicionalistas e informou-me que a minha história dos talheres tinha sido a mais votada pelos alunos da sala e vai representar a sala deles na festa final de ano... E não disse mais nada sobre o assunto. 
Recomendou uma terapia da fala por causa dos -r mal articulados que podem atrapalhar na primária. 
Pronto, coração de mãe fica mais descansado! 

quarta-feira, 8 de maio de 2013

Uma homenagem

Nós aqui.
Não teria dito melhor.
<3 p="">

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Dei a melhor prenda do mundo à minha avó

Dormiu com o Pedro de sexta para sábado. Contou-me com os olhos a brilharem que ele estava sempre à procura dela durante o sono, a dar-lhe a mão e a mexer no cabelo. São aquelas coisas que enervam mas que deixaram a minha avó completamente rendida.

quarta-feira, 1 de maio de 2013

E aquele momento em que o Tiago chega...

O Tiago esteve uma semana fora,na terra com os avós. Chegou hoje. O comentário dele quando entrou em casa: "olha, arrumaram a casa!"

Pois...