quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Noites

Há duas noite que o Tiago dorme a noite toda, depois de beber 180 ml de leite às 22h30. Nem acredito! Há quase 13 meses que não dormíamos a noite toda seguidinha! Já nem sabia como era!
Espero que seja assim para todo o sempre.

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Corte de cabelo

Levei o Tiago ao cabeleireiro. Preferimos que gente especializada tratasse do assunto. Já tínhamos cortado uma vez e tinha sido complicado, uma vez que o rapaz se mexe muito.
O meu filho é lindo. Aos meus olhos, é o bebé mais lindo do mundo. Agora, com o dito corte de cabelo, está com ar de...totó, mas lindo, ou seja, está com ar de totó lindo!

(gente especializada, uma ova!)

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Desafio

Fui desafiada pela Elsa que podem ler em http://blo-guitos.blogspot.com/

O desafio consiste em:
• Escrever uma lista com 8 coisas que sonho fazer;
• Convidar 8 parceiros(as) de blogs amigos para responder;
• Comentar no blog de quem nos convidou;
• Comentar no blog dos nossos(as) convidados(as), para que saibam da “convocatória”;

Sonho ver os meus filhos (repararam que escrevi no plural?) crescer emocionalmente saudáveis e felizes.
Sonho dar aos meus filhos valores e princípios.
Sonho continuar a ser feliz, junto dos meus.
Sonho num mundo melhor.
Sonho ter uma casa na terra.
Sonho ver o meu irmão com a vida que ele deseja.
Sonho continuar a estar rodeada daqueles que mais gosto.
Sonho ter quatro filhos: duas meninas e dois meninos.

Não gosto muito de seguir regras. Como tal, não vou convidar ninguém especificamente. Deixo apenas o recado aqui:
quem quiser fazer, força!

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

É oficial

O Tiago anda desde sábado!

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Pequenas coisas

É uma delícia gatinhar atrás dele e ouvi-lo rir enquanto tenta fugir de nós.

[e faz doer os joelhos!]

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Sei que já o afirmei muitas vezes mas agora e à sério...Prometo!

Sei que me repito e que já tinha dito há uns meses que tinha chegado ao fim. Mas a vontade era mais minha do que dele, portanto fui dando apenas uma vez por dia (também não tinha muito mais leite)
A minha / nossa aventura na amamentação chegou mesmo ao fim. Há 6 dias que não dou mama e há 6 dias que ele não a pede.
Foi bom e estou orgulhosa de mim!

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

A minha fada do lar

Queríamos um cortinado chinês (ou japonês...confundo-me sempre nestas coisas) para a cozinha. Vai daí e não vimos nada que gostássemos ou as medidas dos cortinados já feitos não eram as certas. Comprámos então tecido e as varras / o sistema dos ditos cujos. Pensámos, na altura, falar com a sogra que foi costureira e que percebe da coisa. A senhora mostrou-se difícil e que não sei quê e tal e pronto, o tecido ficou meses arrumado no fundo do roupeiro.

Um dia, a brincar, perguntei à fada do lar "ó fada do lar, tu não eras fada para fazeres um cortinado chinês (ou japonês)?" A fada do lar respondeu-me "se a minha mãe consegue trabalhar com uma máquina de costura, acho que também consigo." Liguei à minha mãe e pedi-lhe a máquina emprestada.
A fada do lar demorou um dia a perceber onde é que a linha tinha de passar e como. Até fez pesquisas no google a tentar perceber. No final desse mesmo dia, a fada do lar ainda não tinha conseguido perceber grande coisa daquilo. Persistente como são todas as fadas do lar, no dia seguinte, lá se sentou na máquina e eureka!, conseguiu escrever Tiago num trapo!


Foi ganhado mais prática, cosendo trapos e vendo as diferenças entre vários pontos e encetou o trabalho proposto.
A fada do lar é assim! Não me falha! Desde então, já arranjou umas calças, o cortinado do quarto do Tiago e já mudámos os nossos cortinados também!


Durante as 3 semanas que demorou a fazer, à noite, depois do jantar, a fada do lar dizia-me cm voz de macho "ó mulher, tratas tu da loiça que eu vou para a costura!" lol




COMO É QUE CONSEGUIMOS TER TEMPO PARA NÓS?

Obrigada.

Aula de Geografia

Sabem onde podem encontrar selva? Gostavam de vê-la?

Não precisam de ir a África. Basta olhar (se eu deixasse, mas eu não deixo) para as minhas pernas e afins e pronto, o tour estaria feito.

[Fui adiando por falta de tempo e agora é a vergonha e a falta de tempo que me impedem de ir à estetisicta. Amanhã, pego numa gilette e resolve parte do problema. Eu que tinha jurado há mais de 10 anos que nunca mais tocaria numa...]

Não gosto do aspecto deste blog. Mas não tenho grande jeito para combinar cores e coisas assim aqui! Está muito branquela, muito deslavado, sem grande interesse! Pensando bem, está a combinar comigo!
Há alturas em que nos sentimos um trapo.
O Tiago tem uma coisa chamada gengivo-estomatite aftosa. As borbulhas são afinal aftas que cheiram mal. E tem novamente uma bronquiolite. Ó ****-se! O puto coleciona doenças. Só há 3 dias é que se curou da conjuntivite e já ganhou mais estas duas. Coitadinho!

Fico agora a pensar numa coisa: essa coisa do leite materno não é so mito? Amamentei o Tiago até aos 10 meses e a partir daí até hoje, amamento-o, ainda, uma vez por dia. Lembro-me que tinha sempre receio que o leite me secasse por causa da imunidade. Não se costuma dizer que o leite materno reforça o sistema imunitário dos bebés? Afinal de contas, não está a sortir efeito e isso chateia-me.

[não quero com isto dizer que não teria amamentado o meu Tiago, sei que lhe dei outras coisas boas...]

Vai de retro ó semana complicada

Pela primeira vez desde que trabalho, hoje faltei. Fiquei em casa. Há 3 dias que tenho febre e que me tenho arrastado até à escola e até às reuniões intercalares, mas hoje decidi ficar em casa com o Tiago. Para além disso, estou afónica. Há muito tempo que não me acontecia.
Fiquei também porque o Tiago está doente, todo ranhoso, com uma tosse de cão que o faz vomitar à noite e chorar, pois nota-se que fica com dores (na garganta? no peito?). E há mais. Ele está com a gengiva superior inflamada. Está tão inchada que lhe cobre os dentes da frente, dando a ideia, a priori, que partiu os dentes ou que os dentes voltaram para dentro. Sangra e dói-lhe. Para além disso, tem umas borbulhas com muito mau aspecto perto da boca.

Agora lembrei-me de uma coisa: ontem, o avós foram-no buscar mais cedo e a minha sogra tinha herpes... Será que ela dou beijos no puto e que...

Enfim, às 15h00, vou à médica e logo se vê.

domingo, 9 de novembro de 2008

Barra estúpida

A barra aqui em cima passou-se! Então, o puto já fez um ano há uma semana! Raios!

Sentimentos ambivalentes

Quero realmente ensinar ao meu filho como deve manusear correctamente as asas para, mais tarde, poder voar sozinho. Mas às vezes, torna-se difícil porque tenho de lutar contra mim mesma, contra esse sentimento egoísta que quase me corrói o coração de o querer só para mim, a depender inteiramente de mim, de se ser só meu para sempre.

[se calhar, eu é que tenho de crescer um pouco mais e deixar de ver as coisas por esse prisma...]


Andar

Dizia-me uma colega que o momento em os nossos filhos começam a andar marca o início da separação porque é começar vê-los a ir para longe de nós, a partir.
O Tiago está a fazer o processo inverso, ou seja, dá 4 / 5 passos sempre que é para vir na minha direcção (ou do pai). Ainda não nos larga para ir para outro sítio. Ainda é 100% nosso. E sabe bem.


Consulta de um ano

Está tudo mais ou menos bem.
O rapaz está com 9 kg e a médica não gostou muito. Temos de reforçar as papas para ver se ele engorda um pouco mais. Para além de estar num percentil baixo, ela avisou-me que a sua evolução não tem sido constante e é isso que a preocupa. Em Dezembro, vamos lá outra vez pesá-lo. Ele anda a comer muito bem e os meus braços e costas têm-no sentindo. Está no bom caminho, de certeza.
Está a tomar um suplemento de ferro porque está a ficar anémico. A médica tranquilizou-me a dizer que era normal, uma vez que ele teve uma gastroentrite há pouco tempo e porque foi um bebé de mama a té muito pouco tempo. Disse ela que o leite materno não te tanto ferro como o leite e pó. Será mesmo? Vai ter de continuar a beber leite em pó por mais algum tempo e não leite do nosso por causa disso mesmo. De qualquer maneira, ainda mama uma vez por dia (às 17h00).
De resto, está tudo bem!

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Onde estás?

Diana, Marco e Beatriz, não consigo ler-vos!

Data histórica

Nunca acreditei que o Obama ganhasse as eleições. Sempre pensei que na hora de escolher, no momento de pôr a cruz no boletim de voto, os norte-americanos fossem reconsiderar e optar por um presidente branco. Surpreenderam-me e escolheram-no (e bem, na minha perspectiva). Viram o homem e não a cor. A questão racial ficou para outro plano.
O mundo deposita uma grande esperança neste senhor. As expectativas são altas. Espero que não haja desilusões.

Mas há uma pergunta que não me sai da cabeça: se o Socrates fosse negro, tinha ganho as eleições com maioria absoluta? E se o Sarkosy fosse negro, tinha ganho em França? A Europa que, por vezes, pensa que está moral e intelectualmente acima dos EUA estará pronta para uma mudança tão grande?
Sinceramente, acho que não.
Infelizmente.

domingo, 2 de novembro de 2008

1 ano

Amo-te cada vez mais e mais e mais. Quando penso que é impossível amar-te mais, surpreendo-me e constato que afinal é possível. Como se o meu coração aumentasse um pouco mais a cada dia que passa.

Tenho um nó na garganta.

Queria escrever mais coisas, dizer outras coisas do que estas que são clichés / foleiras / lamechas mas não consigo.

Tenho um nó na garganta.


1 ano


Mal eu sabia que o pior ainda estava para vir...

sábado, 1 de novembro de 2008

Emoção

Estou a reviver tudo o que aconteceu o ano passado por esta altura. É um filme que está a passar vezes sem conta na minha cabeça.
Por esta altura, depois de andar muito, vejo que tenho sangue nas cuecas e decido ir para o hospital donde já não saio. Estou com 4 dedos de dilatação e continuo a não sentir as contracções.
Na box onde me deixam estar com o Miguel, é a folia total!
Ao lado, nas outras boxes, ouço mulheres a gritar e bebés a respirar pela primeira vez.

Há precisamente um ano atrás, escrevi este post

Acabei de chegar do HGO onde fiz o CTG. Já tenho muitas contracções. Melhor ainda: já estou em trabalho de parto mas não tenho dor!!! Não sinto nenhuma contracção! Já tenho dois dedos de dilatação e a médica descolou-me qualquer coisa cá dentro... Tive de voltar para casa à espera das dores ou que me rebentam as águas.
O que foi agoniante foi ver as outras grávidas cheias de dores a fazer o CTG e eu ali (ainda) toda fresquinha! O my God! Deve doer tanto!!! Era tão bom que eu não sentisse nada até ao fim.
Tella


Mal eu sabia...