domingo, 31 de maio de 2015

Ginasticando (ou não )

Há dias em que penso que tenho de fazer exercício físico. Então, vou pesquisar na net planos para fazer em casa. Opto sempre por títulos sugestivos, como por exemplo "5 minutos por dia e fica sem barriga".
Encontrei um desses e quis logo logo pôr em prática.  Estava eu a saltar na cozinha, a elevar as pernas ou a fazer outra coisa qualquer, enquanto descascava legumes para a sopa ou temperava a salada, já não sei, quando o meu mais velho entra na cozinha, olha para mim e com aquele ar entre o ingénuo e o pré pré teen me diz "a sério mamã,  não leves a mal mas estás ridícula a fazer exercício assim".
E é isso.

sexta-feira, 29 de maio de 2015

Há um filósofo em todos nós

"...porque o sentido da vida é aprender..." - Tiago



quinta-feira, 28 de maio de 2015

Tiago, agora

Apanhei-o à saída do exame e perguntei-lhe como tinha corrido. 
- Facílimo!

 

quarta-feira, 27 de maio de 2015

Amanhã é dia de...

Amanhã, o meu filho mais velho faz o exame intermédio de português. 
A professora dele não concorda com os ditos exames. Não lhes deu importância nenhuma. Não trabalha para eles e, como o referiu, não têm valor nenhum. Há umas semanas, não sabia ainda a data dos ditos cujos. Não fez nenhum na sala com eles. Diz que tem de trabalhar com eles e não treiná -los para os exames, pelo menos, no segundo ano. 
Concordei de imediato com ela. 
Fui falando com algumas mães que se mostraram muito preocupadas com os exames, que já tinham feitos muitos livros de exercícios. Voltei a falar com a professora sobre o assunto. Continuou a dizer que tínhamos de dizer às crianças que tinham de dar o seu melhor mas não se devia criar ansiedade nem fazer disso um drama. Concordei mais uma vez com ela.
Voltei a falar com uma ou duas mães que continuavam ansiosas e preocupadas. Quando lhes disse que não devíamos stressar muito, uma delas respondeu-me "mas a nota vai estar afixada e ninguém gosta de ver uma má nota afixada." 
Fiquei a pensar naquilo. 
Hoje fiz o exame do ano anterior com ele. Teve 75%. Lembrei-me das palavras do blog da mia, qualquer coisa como "não devemos competir com as notas dos nossos filhos" e não estudei mais com ele. Fomos jogar ao Uno.   

sábado, 23 de maio de 2015

Evolução

A minha prima está grávida. Às 36 semanas,o médico decide provocar-lhe o parto porque o bebé está demasiado grande e ela também, diga-se.
Está tudo marcada. Hora do internamento, doses de comprimidos tomados para ter um parto normal, etc. etc. Tudo planeado.
Então,a minha prima decide criar um grupo no Whatsapp  chamado "nascimento do Gustavo!".
E seguimos um parto quase em direto, com as primeiras contracoes, as informações do médico, a ida para a cesariana depois do colo do útero continuar fechado , o "está quase" à foto da praxe.
A informação era dada pela prima, que esteve sempre bem, e o pai.
Maravilhosa tecnologia (ou não, não sei). Mas achei fantástico estar lá, não estando.

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Desfralde noturno do meu mais novo

Já não há fraldas cá em casa. Ufff... Estava a ver que nunca mais!

(Comprámos fraldas durante 7 anos e meio. Bolas!)

Aquele momento em que alguém de quem gosto muito perde pontos...

Custa sempre tanto!

(Conto rápido: na próxima semana, alguns poemas do novo livro de Manuel Alegre vão ser lidos por uma pessoa, que na minha opinião, vale pouco.
Não havia necessidade.)

segunda-feira, 18 de maio de 2015

A minha terapia de domingo de manhã

Perdi a cabeça com um deles. Fiquei muito nervosa e desapontada comigo.
...
Fui comprar uns sapatos para tentar acalmar. A J. dizia que era terapêutico!
Fica a dica!!


sábado, 16 de maio de 2015

Aquele momento em que pensas "se não tivesse os miúdos, ia dançar a noite toda..."

 E 10 minutos depois, estás a dormir completamemte ferrada no sofá!

(As sextas são tramadas!)

quinta-feira, 14 de maio de 2015

Parabéns!

Faço hoje 37 anos! (que dor, detesto número ímpares.)

segunda-feira, 11 de maio de 2015

Sobre a expulsão do meu filho da sala de aula

Não estou danada com a professora. Se o fez, alguma razão tinha. E tinha. Gosto muito da professora dele. Acho-a sensata. Quando um professor põe um aluno na rua (seja com que idade), tem quase sempre razão. Adverte uma, duas, três vezes e depois passa-se. Como qualquer mãe!

Ele estava num brando que só visto. Não o castiguei porque a professora já o tinha feito. 
Expliquei-lhe o que tinha de ter feito, como devia ter agido. Acho que foi positivo. 

Passo a explicar: 
Sexta-feira, 16h00, uma colega faz anos e leva bolo para a sala. Enquanto se preparam as coisas, há um (grande) amigo dele (que se porta menos bem nas aulas) que está virado para trás e que começa a dizer parvoíces. O meu e um outro colega acham graça e desatam a rir. A professora avisa que não quer esse com comportamento. O outro continua (como sempre) as suas parvoíces. Sai da aula. Os dois outros (no qual o meu se inclui)  retomam as parvoíces do primeiro. Saíram também. 

Ah e tal, iam comer bolo, não estavam num contexto de aula e não sei quê... Verdade!  Por isso vieram para fora para refletirem e acalmarem. Resultou. 
Percebeu que o seu comportamento desadequado fez com que não cantasse os parabéns à colega, percebeu que o o outro o prejudicou, que não pode ser uma Maria vai com todas e que as regras, numa sala de aula, são para se cumprirem. Sempre. 

Fiquei em choque porque é meu filho e ele veio para a rua. 

sábado, 9 de maio de 2015

Ainda estou em choque

O Tiago veio para a rua. Sim, sim, isso mesmo. Foi expulso da aula.
7 anos - 2° ano.
(Uma coisa que achava impossível nessas idades e no meu filho).

quinta-feira, 7 de maio de 2015

Livro de maio


(Lê-se rapidamente mas não traz nada de novo...)

quarta-feira, 6 de maio de 2015

Breaking Bad

Só agora descobrimos esta série e a pergunta que se impõe é "ó tella, e só agora é que descobriste uma das melhores séries de sempre?"

domingo, 3 de maio de 2015

Do Pedro

"Amo-te, amo-te, amo-te, amo-te até ao céu de todos os planetas e até de Plutão que já não existe!"

Geocaching - parte II

Voltámos lá depois da chuva e encontrámos o "cache".
Houve uma certa excitação!

Geocaching: uma aventura

Entusiasmei-me com as fotos no FB de uma colega.Li sobre o assunto, registei -me, saquei a aplicação e lá fomos nós os 4, super entusiasmados.
De telemóveis em mão, seguimos as indicações, lemos as pistas, procurámos o nosso primeiro "caches".
Procurámos e procurámos. Não encontrámos nada, começou a chover e voltámos para casa!

sexta-feira, 1 de maio de 2015

Pensamentos

Sempre que estou com a minha sobrinha (linda,linda), apetece-me ter mais um filho (na verdade, queria uma filha).
E depois os meus rapazes gritam, fazem disparates, tiram-me do sério e a ideia de ter mais um filho morre imediatamente.
Os filhos com o diabo no corpo conseguem ser melhor que a pílula ou o preservativo!

Sabes que o tempo não pára quando...

...o teu filho mais velho diz , maravilhado, "já tenho pé" ao dar o primeiro mergulho do ano na piscina dos avós.