sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Estreia

Hoje, pela primeira vez, os papás vão sair, à noite, sem ti!
Acho que vai saber muito bem.
Também vai saber bem sentir um pouco mais de suadades tuas!

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Desafio

Fui desafiada pela Sofia.

I would like to know a little more about yourself. :)
Choose 16 random facts about you and them send it to 16 persons.

1. Como boa francófona que se preze, falo inglês à la française e o meu vocabulário é muito limitado. Um turista inglês abordou-ma a perguntar onde ficava Cacilhas. Tentei explicar-lhe que ficava na margem Sul, do outro lado da ponte 25 deAbril. Saiu qualquer coisa assim, "bla bla bla in the other side of the point...". Lembro-me de ter ficado muito orgulhosa porque falei em inglês e tinha-me feito perceber. Algum tempo depois, descobri que ponte é "bridge"...

2. Vim para Portugal em Maio de 1993, com 15 anos. Vi a minha vida andar para trás. Falava pouco e mal português, achava o país um atraso e pior do que tudo, ia deixar os meus amigos e o meu grande amor de adolescente, o Gaetan ! O dia da partida há-de ficar para todo o sempre registado na minha memória.

3. Quando cá cheguei, os meus pais deixaram-me na terra com os meus avós que só via uma vez por ano e que mal conhecia. Foram para Lisboa e levaram o meu irmão com eles para não falarmos francês um com o outro. O meu pai falou com o presidente do conselho executivo da escola da terra e deixaram-me assistir às aulas . Tive um horário especial: 20 e tal horas de português por semana. Tinha aulas com todas as turmas, do 5º ao 9º ano.

4. Comecei a namorar com o Miguel, no dia 29 de Outubro de 1994. Estamos juntos desde então. Há quase uma vida!

5. Fiz o meu primeiro teste de gravidez aos 17 anos. Depois deste, fiz mais três ou quatro. Felizmente só um é que deu positivo!

6. Quando era mais nova, ia à missa todos os Domingos. Lembro-me de ter olhado para Cristo pregado numa cruz e pensar "Cristo fazia xixi em pé, como todos os homens, e também fazia cocó como nós!" Para mim, foi o início do fim na minha fé.

7. Quando o meu pai teve um AVC, estive com ele nas urgências do Amadora-Sintra mais de 12 horas. Apanhei um grande susto.

8. Tenho dificuldade em fazer amigos porque sou tímida. Em tempos, era um verdadeiro bicho do mato.

9. Uso aparelho há quase 24 meses. Estou quase a tirá-lo.

10. Cada vez mais me convenço que não há coisa mais importante do que a família.

11. Gostava muito, mas mesmo muito de ordenhar uma vaca.

12. No dia do meu casamento, chorei sempre que chegava perto do meu irmão. Sentia que o abandonava. Dormi com ele na minha última noite em casa. É uma das pessoas da minha vida.

13. Se fosse agora, não tinha casado. Foi um desperdício de dinheiro e de tempo.

14. Gosto de ler e ver séries.

15. Gostava de trabalhar a 5 minutos de casa ou de morar a 5 minutos do trabalho.

16. A maternidade transformou-me.

Passo o desafio a todas as pessoas que por aqui passam.

sábado, 24 de janeiro de 2009

Não sei que título dar ao post

Sábado à noite, não sei bem por que razão, dei por mim a ver a Rtp Memória. Foram alguns minutos em que desfilaram o Raul Solnado e mais uns quantos. Fiquei preso às roupas, ao ar carregado das pessoas da plateia, ao décor, etc.
O Raul e outros artistas cantavam a música "Ó Zé aperta o laço" em versão fado, clássico, popular, etc. Ui! Um espectáculo. Aquilo a deprimir bastante e eu continuava presa. Quando penso "Ó Tella, acorda e continua o teu zap", Rui Veloso aparece a cantar a dita música, versão rock. De repente, a plateia fica louca e vai para o palco dançar rock, como só pessoas de 45 anos nos finais dos anos 70 sabem!
Enfim, assim passo os meus sábados!



Sim, ele tem um laço a fazer pandan com a música!

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

A melhor papa

Bledina crescimento - sabor bolacha
O Tiago adora e eu também! Até fico a salivar quando a preparo e, claro, não resisto em roubar duas ou três colheres...

domingo, 18 de janeiro de 2009

Creche III

Depois da conversa, fiquei mais tranquila.

[mas continuo alerta]

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Creche II

Ainda hoje, quando o fui deixar lá, ele foi ter com a auxiliar de mãos esticadas a pedir colo.
Ontem de manhã, fiquei lá escondida (para ele não me ver) durante alguns bons minutos e não o ouvi chorar.
Não sei mesmo o que pensar. Amanhã, vou falar com elas.

domingo, 11 de janeiro de 2009

Creche

Ando a cismar com a creche do Tiago.
O meu filho raramente chora. É bem disposto e gosta de brincar connosco.

Quando o vou buscar à escola, ele está sempre com a cara molhada e com os olhos vermelhos e inchados. Está com um ar infeliz, de carneiro mal morto.
Tiraram fotografias aquando do Natal e quando as vi, nem queria acreditar. Nas fotos, o puto estava com os olhos vermelhos, inchados de tanto chorar. Não comprei, claro! Mas fiquei a pensar que podiam ter esperado que ele estivesse melhor, mas não o fizeram. Será porque ele está sempre nesse estado?
Na sexta-feira, disse-me a auxiliar que o Tiago tinha tentado morder a bochecha a um colega e que elas acharam estranho, uma vez que o Tiago, passo a citar, "está sempre a chorar ou sozinho num canto a brincar". O meu coração ficou pequenino, pequenino.
Estarei a ver coisas a mais?
Será que o Tiago não é feliz nesse infantário?

Pergunta: quando é que sabemos que as nossas calças são demasiado "cintura baixa"?

Resposta: quando estamos de cócoras e o nosso filho chega por trás e enfia o dedo no rego do rabo!

[mais umas calças postas de lado...]

quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

O piaçaba, pois claro!


O novo brinquedo do Tiago é um piaçaba. Ontem, em segundos, foi para a casa de banho, tirou o dito cujo do copo e só vi gotas (gosto de pensar que é só e exclusivamente detergente) a salpicar por todo o lado.
Um encanto o meu filho!

[ E assim do nada, também tenho um blog que diz piaçaba.]

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

novo brinquedo

A coisa mais nojenta que tenho em casa passou a ser um brinquedo bem divertido para o Tiago.

Sabem qual é?