quinta-feira, 30 de julho de 2015

Livro do mês - 2

Lembro-me que a Isabel Allende esteve muito na moda há talvez uns 10 -15 anos. Quase toda a gente tinha lido A Casa dos Espíritos ou Eva Luna. Sem saber nada acerca da escritora ou dos seus romances, pensava que ela não era para mim. Armada em totó, achava os best sellers uma coisa a evitar.
Na semana passada, uma colega ofereceu-me O Plano Infinito. Torci o nariz mas li e em boa hora o li. Gostei muito, mas mesmo muito.
Gostei tanto que levo dois livros dela para as férias!

terça-feira, 21 de julho de 2015

domingo, 19 de julho de 2015

Sueca

O avô cumpriu a tradição e já os ensinou a jogar!

quarta-feira, 15 de julho de 2015

O poder dos sapatos

É impressionante como um par de sapatos nos deixam upa upa para cima!
É isso.

sábado, 11 de julho de 2015

O pai cá de casa faz anos

E o Tiago escreveu-lhe uma música. Nem sempre percebi o que disse, mas retive "quero ficar contigo para sempre e dançar contigo ao pôr do sol".
E acabaram com um mergulho na piscina.

quarta-feira, 8 de julho de 2015

Coisas minhas

Putos nos avós, marido a trabalhar fora durante uns dias e pensas " Yeaaah! Vou ter sossego e tempo só pra mim!".
Tive dias cheios de emoções fortes e quando cheguei à casa, não havia ninguém com quem as partilhar, havia demasiado silêncio. E toda a expetativa relativamente a estes dias sem ninguém foi por água abaixo.
Não sei viver sozinha.

sexta-feira, 3 de julho de 2015

Eu, ainda

Lembrei-me de reler um post de 2012, um que foi uma  autêntica catarse. (Acho que nunca mais o reli desde então).
Quando leio o que escrevi, percebo que estava tão mas tão perdida, tão sem chão e sem teto que o meu coração começou a bater com mais força.  Ate doeu.
Tudo muito sem nexo, onde misturei sonho e realidade. Uma pessoa quase louca... Venho de um poço fundo.  Mas só agora tomei consciência de quão fundo estive de me perder.

Não me ocorre nenhum título para este post

Tenho vários defeitos terríveis. Um deles é querer resolver os problemas dos outros, sabendo que a resolução desses problemas não passa por mim e tendo consciência que raramente resolvo os meus próprios problemas.
Sofro tanto com isso. Com uma coisa e outra. Mas neste momento, os problemas dos outros andam a preocupar-me muito. Que maçada! 

Das férias deles

Ontem, em conversa via Skype com os miúdos que estão de férias com os avós, dizia-me o Tiago, a propósito do dia que teve,  "A minha vida tem muita sorte"! 

Eu fico feliz de os ver felizes,a atropelarem-se um ao outro ao querem contar o que fizeram, quantos mergulhos deram, quantas alfaces apanharam, os desenhos animados que vêem, etc, etc. 
Fico feliz de terem efetivamente férias grandes!