sábado, 30 de setembro de 2017

Suspiros

O mais mais velho teve o seu primeiro jogo oficial.
...
...
...
E dei por mim a gritar "chuta, chuta"!
[Verdade.]

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Coisas parvas que ainda ma fazem sorrir

Ir para as minhas salas de aula e cruzar-me com o meu mais velho nos corredores dos pavilhões. 

[Para ele, ainda não é embaraçoso... Espero que nunca o seja!]

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Quando é que sabes que estás crescida?

Quando apanhas as uvas da eira da casa da terra durante várias horas (não vamos dizer que andei nas vindimas que seria uma afronta para quem a faz, pois não apanhámos mais do que 70 kg ) e achas relaxante e muito muito giro. 

A roupa é completamente despropositada, eu sei, mas quem não tem cão, caça com gato*.

[ *Também sabes que estás a ficar pró "crescida" quando usas muitos provérbios no teu dia a dia. ]

sábado, 23 de setembro de 2017

Run Tella run

Conversa tida há pouco enquanto corria com duas senhoras, uma à espera do padeira e outra com umas couves [bem jeitosas] na mão.

- A menina é de cá?
- Não é, pois não?
Desacelero e respondo que sou da Sapateira.
- Espere, espere. Então quem é?
Paro.
-Sou neta da ti'Aida e ti'Anibal do fundo do lugar...
- Ah, casou com o neto do Joaquim Maria da Senhora da Guia. 

E pronto, feitas as apresentações, no meio da conversa sobre a minha avó, tios, filhos e afins, ainda tive direito ao "tem 40 anos? Está tão bem conservada!".  

Já ganhei o dia! 

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Mulher de prata

A Carolina tinha-me falado do movimento e ando a segui-lo nas várias redes sociais.
Achei maravilhoso: não sou a única a não pintar o cabelo; não sou a única a assumir os cabelos brancos aos 39 anos.

Este verão, alguém achou por bem dizer-me assim, in my face, "pinta o cabelo pá!" e quase que podia jurar que a frase começou com um "foda-se". Mas não sei se o disse ou se o pensou. O mais estranho ou engraçado, não sei, é perceber que os nossos cabelos brancos incomodam muito os outros, como se fossem um espelho, como se lhes devolvessem a imagem deles também mais envelhecida e se recordassem constantemente que o tempo também está a passar para eles. Será? 
E as pessoas que falam comigo e cujo olhar acaba sempre por incidir nos cabelos brancos, na madeixa? Incrível! Parece um íman, como as mamas quando o decote é super decotado. Mesmo.  

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Sai um chá de camomila para a mãe do canto!

Sempre fomos uns sortudos: chegamos cedo a casa. Em média, às 17h15 ao mais tardar, estamos os três em casa. O pai cá de casa chega uma hora e pouco depois. 
As atividades deles eram às sextas, das 17h00 às 18h00. 
Sempre tivemos tempo para fazer muita coisa juntos, nem que seja não fazer nada sem culpa, mas juntos.

Agora de repente, estão a ter treinos quase à noite, às segundas, quartas, quintas e sextas, das 19h às 20h30. O horror! A preocupação, a angústia e o stress instalaram-se na minha cabeça tão frágil. Passámos o domingo a confecionar as refeições para a semana para que seja mais fácil mas ainda há muita coisa a stressar-me.
1) A hora do jantar que sempre foi às 19h30/19h45 no inverno passa a ser quase às 21h00. Simplesmente horrível porque não passámos tempo de família juntos após a refeição. Enquanto como, só penso que eles têm de ir para a cama e dou por mim a querer despachar o momento do jantar, que sempre foi feito de forma tranquila; 
2) Não temos um tempo para ver a nossa série em família após o jantar ou jogarmos às cartas ou... Não temos tempo para estarmos juntos, os 4;
3) O tempo de deitar sempre foi às 21h15 mas agora passa a ser mais tarde e ainda por cima agora, que acordam mais cedo do que nos anos anteriores; 
4) O Tiago no 5º ano requer mais foco nos estudo, mais tempo...que agora não tem. O que será do meu filho?
5) O Pedro, mais novo, acusa cansaço muito facilmente e fica sem apetite. Preciso de relembrar que ele é muito muito magro e que comer sempre foi a nossa saga?
6) Ir ao ginásio ou correr está difícil de encaixar agora.

Como fazem para não stressar com isto tudo? 
O desporto é essencial, eu própria não passo sem ele, mas será assim tão importante ao ponto de ficarmos todos doidos? (eu pelo menos eu, vá!)
Dicas senhoras, preciso de dicas! 



quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Quando é que sabes que tens filhos crescidos? XVII

Quando o teu filho começa hoje as aulas no 2º ciclo.
Ele estava ansioso. Informou-me há uns dias que ia chumbar o 5º ano porque ia ser muito difícil e ele não era muito bom na escola. O blábláblá da mãe reconfortou-o e sentiu-se hoje pronto para começar.
Foi feliz. 

Mãe que é mãe deixou recomendações: 
- senta-te na 1ª ou 2ª fila;
- não vás para o intervalo com a lancheira, apenas com o lanche;
- ouve os professores e colabora com todos;
- aprende muito que és o maior.

Filho que é filho entende as recomendações da mãe à sua maneira:
- no 1º intervalo, saiu com a lancheira;
 - sentou-se na última fila.

terça-feira, 12 de setembro de 2017

Adeus natação, olá futsal

Pedem-me para treinar num clube de futebol há anos. Por vários motivos, resisti até ontem. 
Hei, no entanto, de resistir para todo o sempre à ideia de me tornar uma soccer mom. Prometo.

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Quando é que sabes que tens filhos crescidos? XVI

Quando o teu filho mais velho deixa de dormir com o "meu cãozinho" - peluche oferecido pelos amigos dos sogros no dia em que nasceu e que lhe fez sempre companhia desde esse dia. 

domingo, 10 de setembro de 2017

Perguntas rápidas

Sou a única a ficar eufórica com as fotos no Instagram da Madonna? 

Sou a única a ficar eufórica com a remota possibilidade de andar por Lisboa e me cruzar com a Madonna?

Sou a única a ficar eufórica com a ideia do que posso estar a menos de 4/6 km da Madonna?

[A Madonna, senhoras, a Madonna, aquela cantora que faz parte da minha adolescência é que...que... ]

sábado, 9 de setembro de 2017

Das coisas que as pessoas nos deixam

Manda a tradição estabelecida pela minha avó que em dia de festas de anos ou no natal, ela deveria brindar sempre com vinho do porto. 
[Hoje fomos festejar os seus 92 anos e no fim, pediu à empregada um cálice de vinho do porto.]
Já lhe disse que dentro de muitos e muitos anos, quando ela já não estiver fisicamente entre nós, haveria de ficar no lugar dela e brindar em família só com vinho do porto. Ela riu-se.

A minha avó paga as cotas do santíssimo, seja isso o que for. Sei apenas que são 5 euros anuais. Não sei qual o objetivo nem nada e na verdade, nem me interessa. Já lhe prometi, no entanto, que dentro de muitos anos, quando ela não estiver fisicamente entre nós, ficaria eu a pagar as cotas do santíssimo por ela. Nesse dia, ela ganhou o dia!!

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

O piropo mais lindo que ouvi...

...foi na noite do nosso mega arraial. Um miúdo giro, com 18-22 anos, alentejano, voluntário no nosso Concelho, que me perguntou a idade. Quando lhe respondi 40*, disse que era impossível, pois tinha "as pernas de corredora, as pernas mais bonitas do arraial da senhora da guia".
Até lhe dei um abraço! 

[Nota: dei abraços a muita gente nessa noite, pois também foi uma festa de afetos.]

*Na verdade, tenho 39 anos mas arredondo para facilitar e sobre este tema, hei de escrever um post. 

terça-feira, 5 de setembro de 2017

Quando é que sabes que tens filhos crescidos? XVI

Quando decidimos ver em família, antes de irem para cama, uma série para crescidos.