sábado, 9 de setembro de 2017

Das coisas que as pessoas nos deixam

Manda a tradição estabelecida pela minha avó que em dia de festas de anos ou no natal, ela deveria brindar sempre com vinho do porto. 
[Hoje fomos festejar os seus 92 anos e no fim, pediu à empregada um cálice de vinho do porto.]
Já lhe disse que dentro de muitos e muitos anos, quando ela já não estiver fisicamente entre nós, haveria de ficar no lugar dela e brindar em família só com vinho do porto. Ela riu-se.

A minha avó paga as cotas do santíssimo, seja isso o que for. Sei apenas que são 5 euros anuais. Não sei qual o objetivo nem nada e na verdade, nem me interessa. Já lhe prometi, no entanto, que dentro de muitos anos, quando ela não estiver fisicamente entre nós, ficaria eu a pagar as cotas do santíssimo por ela. Nesse dia, ela ganhou o dia!!

Sem comentários: