domingo, 26 de novembro de 2017

Da saga "Run Tella run"

Hoje foi dia do Hard Trail Montejunto.
O melhor trail em que participei, acho eu. O mais difícil também, acho eu. Foram 15 km difíceis e com um joelho a querer dar problemas.
Foi arrebatador. Corri no meio do nada, a ouvir apenas o vento a bater nas árvores e a minha respiração. Ouvi os pássaros, olhei em redor mil vezes a querer guardar tudo cá dentro. Senti a terra, a natureza e senti-me pequena face a tal grandeza. Foi tão intenso que fiz uma vídeo chamada enquanto corria para os meus 3 homens. Queria tanto que estivessem lá comigo e que visse o quão espetacular era o sítio. Quis partilhar no momento a minha alegria com eles.
Pus também muita conversa comigo ao longo de 3h28. Ya, bué!
Na classificação geral feminina, cheguei na décima terceira posição, ou seja fui a última mulher a cortar a meta. Menos mal porque durante muito tempo pensei que era a última de todos  (m/f) e que o senhor que estava atrás de mim era o vassoura. Mas não! 
 Foi simplesmente maravilhoso.

Sem comentários: