segunda-feira, 19 de março de 2018

Do dia do pai

Não ligo nada a isso. 
O pai cá de casa também não. 
Ele não é o melhor pai do mundo, até porque isso nao existe e porque também ele é um homem com defeitos e qualidades.
O pai cá de casa vive a vida sabendo que nao é o melhor pai do mundo. Por isso, pede desculpas e tenta corrigir quando falha. 
O pai ca de casa é um pai que ama, cuida, ajuda, brinca, ralha, GRITA, passa-se, ri, diverte -se, zanga-se, protege e mima os filhos. Mas ele é sobretudo o que mostra como se vive a vida, fazendo, dando o exemplo. Ele partilha as tarefas: ele cozinha, passa a ferro, arruma, estende roupa, leva a roupa à lavandaria, lava a loiça, aspira e limpa o que for. Dialoga. Ouve. Conserta tudo o que não funciona. Encontra soluções para os problemas e o melhor de tudo : olha para as coisas de um ponto de vista otimista. Encara a vida positivamente.  
Ele é, de facto, o melhor pai que consegue ser.

Sem comentários: