segunda-feira, 31 de outubro de 2016

O salto

Ontem, fomos a uma festa da castanha e do mel cá na terra. Houve um magusto com uma fogueira no chão.
Vi crianças a saltar a fogueira. Achei perigoso e depois percebi que um deles era o meu mais velho.
Fiquei passada, que aquilo é perigoso mas no fundo, no fundo, orgulhosa do meu rapaz que teve a coragem de a soltar.
(O Pedro não soltou.)

[E mais uma vez, nestas mini -férias na terra, cresceram ainda mais.]

Sem comentários: